Por que adotar um animal de estimação?

Chega uma hora que bate a vontade de ter um pet em casa. Afinal, eles são companheiros fiéis e grandes amigos do ser humano.

Aí surge uma dúvida: comprar ou adotar um animal de estimação?

Por mais que os animais de raça sejam mais atrativos, nenhum bicho é um objeto para ser vendido. O amor deles também não é uma mercadoria que pode ser comprada.

É sobre isso que falaremos no nosso post de hoje. Acompanhe!

Afinal, por que adotar um animal de estimação?

Quando pensamos pelo viés de vida e amor incondicional, comprar não é algo que passa pelas nossas cabeças, não é mesmo?

Já dizem os amantes e defensores de animais que a adoção é um ato de amor e respeito para com os bichinhos.

No entanto, existem outros motivos bem convincentes e sólidos pelos quais você deveria adotar um animal de estimação. Confira quais são eles!

Evita gastos desnecessários

Convenhamos: animais de raça são caríssimos e é preciso estar disposto a desembolsar um bom dinheiro para ter um deles em casa.

Além do valor necessário para a compra do animal, ainda será preciso gastar com comida, vacinas e itens para ele.

Fora um agravante: esses animais vêm de criadouros, fato que aumenta a chance do bichinho que você escolheu já vir doente ou com uma grande disposição de desenvolver problemas futuramente.

Proporciona amor incondicional

Os pets disponíveis para adoção, em sua grande maioria, foram abandonados ou sofreram maus-tratos.

Portanto, eles serão muito mais carinhosos com seus donos, desenvolvendo um grande senso de fidelidade e gratidão.

Adotando um cachorro ou gato, você faz a sua parte na defesa dos direitos dos animais.

Combate os maus-tratos aos animais

Geralmente, os animais vendidos em pet shops vêm de criadores que visam apenas o lucro.

As matrizes (cadelas e gatas que são mães dos filhotes) são tratadas como meras incubadoras, engravidando várias vezes seguidas e sendo descartadas quando não aguentam mais.

Por vezes, essas fêmeas são presas dentro de gaiolas minúsculas, servindo apenas para ter o máximo de ninhadas que puderem aguentar.

Quando já não suportam mais ficarem grávidas — afinal, é uma ninhada atrás da outra — e elas ficam doentes, são abandonadas para a morte ou até mesmo sacrificadas.

Ajuda as instituições

Ao adotar um animal de estimação, é um bichinho a menos nas superlotadas ONGs dedicadas à proteção.

Dessa maneira, você também contribui na missão delas de continuar resgatando outros animais.

Ensina uma grande lição de vida aos seus filhos

Ao adotar, você ensina, desde criança, que amor não se compra nem se vende, mas sim se conquista.

Além do mais, as crianças já aprendem a importância do ato de adotar um animal em situação de abandono ou maus-tratos.

Por esses motivos, não compre um animal. Adote! Lembre-se que eles não são objetos nem mercadorias: eles amam e sentem dor, frio e fome.

O que achou do nosso post? Se você concorda com a adoção, compartilhe esse material nas suas redes sociais e mostre seu apoio a esse ato de amor!

Compartilhe:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *