MÁSCARA - DICAS DE SEGURANÇA

Máscara: Dicas de segurança

Seja para transitar ou trabalhar, a máscara se tornou item obrigatório em todo território nacional. Que tal uma ajudinha na manutenção desse item? Confira:

As máscaras faciais podem ajudam a evitar a disseminação do novo coronavírus. Só que elas precisam ser bem utilizadas para que a proteção realmente aconteça.

Além disso é importante ressaltar: o uso da máscara não é o suficiente como medida de prevenção. O aparato deve ser utilizado junto com todas as outras medidas de prevenção. Não se lembra de todas as medidas de prevenção sugeridas pela OMS? Sem problema! Clique aqui para ler o post Coronavírus: Sintomas e precauções.

O que não fazer!

1 – Compartilhar 

Máscaras são para uso individual. Mesmo sem sintomas, alguém pode ter contraído o coronavírus. Se essa pessoa dividir uma máscara com você, o risco de infecção cresce enormemente.

2 – Ficar muito tempo com a máscara

Você deve troca-lá a cada duas horas, ou toda vez que ela umedecer. Pessoas com nariz entupido ou que falam bastante tendem a deixar o equipamento molhado rapidamente. Uma ótima tarefa é calcular quantas máscaras serão usadas ao longo do dia e sair de casa preparado!

3 – Colocar a máscara no pescoço

Um dos erros mais perigosos e mais recorrentes. Você não está protegido se sua máscara não cobre seu nariz e boca! Caso precise tirá-la para tomar água, por exemplo, é mais seguro deixá-la pendurada em uma das orelhas, na lateral do rosto.

4 – Tocar no pano sem lavar as mãos

É inevitável arrumar a máscara a cada quinze minutos. Para isso, você não deve em nenhuma circunstância encostar no pano sem antes ter higienizado as mãos. Caso a higiene for impossível no momento, procure acertar o posicionamento tocando apenas nos elásticos. O mesmo vale para tirá-la.

5 – Deixar a máscara abaixo do nariz

O nariz é uma das principais portas de entrada do coronavírus no organismo. Ajuste o tecido no início da cavidade nasal, mais próximo dos olhos. Caso esteja ofegante ou algo parecido, utilize-a em apenas uma das orelhas. Sempre evitando encostar no pano, mexa pelo elástico.

Máscara caseira e N95

A essa altura do campeonato, encontrar uma N95 é missão digna de Tom Cruise. A alternativa que nós encontramos é a utilização/produção de máscaras caseiras. Usar uma máscara facial que cubra a boca e o nariz reduz a distância percorrida pela respiração em mais de 90%, consequentemente reduzindo as chances de transmissão – e contaminação – pelo novo coronavírus.

Ou seja, não importa estampa ou material, o que importa é usar!

A principal forma de contaminação pelo coronavírus é de pessoa para pessoa, através de gotículas expelidas quando uma pessoa infectada espirra, tosse ou fala – mesmo que essa pessoa não esteja apresentando sintomas. Daí a importância do uso generalizado das máscaras.

Leitor, caso haja em sua cidade a disponibilidade de uma máscara N95, não compre! Essas máscaras são destinadas a uso profissional. Médicos brasileiros se encontram com uma enorme dificuldade para encontrar esse tipo de material. Dê preferência aos profissionais, salve vidas!

É importante entender que o uso de máscara em público vai além da auto-proteção. É uma forma de proteger o próximo também! Por exemplo, se eu estiver usando máscara, mas a outra pessoa não e ela tossir na minha direção, eu posso ser infectado. Portanto, uma máscara não é suficiente. Agora se os dois usarem, um estará protegendo o outro e isso é muito importante

No nosso blog tem mais dicas imperdíveis de higienização e prevenção. Nos siga no Instagram e Facebook para conteúdos incríveis e não deixe de se inscrever no nosso canal do Youtube!

 

Compartilhe:

Comentários