Hotel ou pet sitter: com quem deixar seu gato?

Depois de muito planejamento, finalmente as tão esperadas férias chegaram. É o momento de arrumar as malas e viajar. Entretanto, uma preocupação surge: com quem deixar seu gato?

Na maioria das vezes, é inviável levar o bichinho na viagem, pois o caminho é longo e a hospedagem não aceita animais.

Nem sempre se pode contar com algum conhecido para cuidar dele também. Nesse caso, existem duas opções: hotel ou pet sitter?

Se você ainda está em dúvida entre deixar no hotel para animais ou contratar um serviço de pet sitter, nesse post apresentaremos os prós e os contras desses serviços para ajudar a escolher o melhor para o seu felino!

As características comportamentais únicas dos gatos

Quem tem um gatinho como animal de estimação conhece muito bem os hábitos e as manias peculiares dessa espécie.

Gatos são mais ligados ao território que cães. Por sua personalidade mais reservada e arisca, eles se apegam facilmente aos donos e à casa, pois precisam se sentir seguros.

Nossos amados felinos são muito mais sensíveis a qualquer mudança de ambiente e de rotina, o que os deixa mais suscetíveis a problemas derivados do estresse, como doenças cardíacas e hepáticas.

Com isso em mente, conheça agora as vantagens e as desvantagens do hotel e do pet sitter:

Hotel

Hotéis para animais são locais adaptados para receber pets de várias espécies, como cães e gatos.

Funcionam basicamente como o hotel para humanos: você paga pela acomodação dos dias que ele ficará e leva a ração que ele é acostumado a comer.

Vantagens

  • O local pode ser “investigado” por meio das avaliações de pessoas que deixaram seus animais e de registros.
  • Durante todo o tempo o seu gato e os outros animais são assistidos por profissionais.
  • Se o seu felino é “filho único”, no hotel ele terá oportunidade de conviver com outros, pois eles são estimulados a interagir com supervisão.
  • O valor pode ser mais baixo se comparado com o serviço de pet sitter e pode ser negociado dependendo da quantidade de dias que ele ficará.

Desvantagens

  • O gato é um animal extremamente reservado e apegado. Tirá-lo da segurança de casa e deixá-lo em um lugar desconhecido cheio de outros animais pode não ser uma boa ideia.
  • Não há como saber se os outros animais estão com as vacinas em dia ou se estão com alguma doença. Colocar seu gato em um hotel pode oferecer um grande risco à saúde dele.
  • No hotel, seu gatinho é apenas mais um hóspede entre vários. Portanto, se ele tem alguma necessidade especial, não receberá o cuidado necessário.
  • Ao contrário do que diz a crença popular, o gato não é desapegado do dono. Ele pode ser meio “desligado”, mas sente muita sua falta.

Pet sitter

O pet sitter é um profissional capacitado para entender as necessidades do animal, cuidando dele com o mesmo zelo e carinho que o dono.

Ele vai até a sua casa, na frequência estipulada entre vocês, para alimentar e dar atenção ao seu gato.

Vantagens

  • Ao contrário do hotel, o pet sitter se desloca até a sua residência. O seu gatinho não terá que passar pelo estresse de ser levado para um local estranho.
  • Esse profissional é capaz de entender as demandas de cada animal e, portanto, atender às necessidades do seu felino.
  • Caso seu gato seja muito arisco, você pode apresentar o cuidador com antecedência a ele, deixando que se acostume à presença do pet sitter.
  • O pet sitter é um profissional registrado em empresas regulamentadas e especializadas nesse tipo de serviço. Portanto, não é qualquer pessoa que entrará na sua casa.

Desvantagens

  • O valor do pet sitter pode ser superior ao do hotel para animais. Portanto, é preciso pesquisar e planejar muito bem.
  • Por mais que seja vinculado a uma empresa confiável, o pet sitter é uma pessoa estranha que você coloca dentro da sua casa para cuidar do seu amado gato. Então, uma insegurança sempre pode surgir com esse tipo de serviço.

Pet sitter ou hotel: escolha o melhor para o seu gato!

De qualquer maneira, a escolha do serviço deve ser sempre pautada no que é melhor para as necessidades do animal.

Lembre-se: o barato pode sair caro e quem paga o preço é seu gatinho. Portanto, procure se planejar com antecedência.

Conheça melhor empresas que ofereçam o serviço especializado de pet sitter, como a Maria Brasileira, e viaje com tranquilidade sabendo que seu gato está nas melhores mãos!

Você pode gostar disso:

Pet sitter: você já ouviu falar nesse profissional... Você conhece o termo "pet sitter" e sabe o que significa? Em termos simples, um pet sitter é como uma babá. Só que em vez de cuidar dos seus fi...
Sites de hospedagem para animais de estimação são ... Toda vez que viajamos, sempre aparece uma velha e conhecida preocupação. Com quem deixar o nosso bichinho de estimação? Nem sempre deixar com paren...
Os principais cuidados com seu pet Ter um cachorrinho em casa para te fazer companhia é muito bom! Ele é um companheiro fiel que traz segurança e amor ao seu lar, gosta de brincar, cor...
Compartilhe:

Comentários

One thought to “Hotel ou pet sitter: com quem deixar seu gato?”

  1. Muito bom ponto de vista e exatidão no conteudo. Palavras simples muitas vezes expressa o que temos no coração e a decisão cabe a cada um de nós mesmos sobre isso. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *